Logomarca Elétrica KAE Services
WhatsApp do Eletricista
Email do Eletricista de Jundiaí

Eletricista em Jundiaí e Região

Tomadas TUG - TUE

Instalação e Manutenção de Pontos de Tomadas.

Pontos de Utilização, Pontos de Tomadas, Tomadas de Corrente, 10A ou 20A? TUE ou TUG?

Tomada de 10A e 20A

Já tentou ligar um aparelho na tomada e percebeu que o plug do aparelho simplesmente não entrava na tomada por ter pinos mais grossos?

Resolveu este problema usando um adaptador?

Já se perguntou porque alguns plugs tem pinos mais grossos que outros?

Pontos de utilização pode ser Tomadas comuns que encontramos no nosso cotidiano:

Pontos de Utilização

Um ponto de utilização refere-se a um local específico em uma instalação elétrica onde a energia é fornecida para uso.

Isso pode incluir tomadas, interruptores de luz, equipamentos elétricos e outros dispositivos conectados à rede elétrica.

Pontos de Tomadas

Ponto de Tomada é um ponto de utilização em que a conexão do equipamento ou mais de um equipamento que serão alimentados será por meio de tomada de corrente.

  • Um ponto de tomada pode conter uma ou mais tomadas de corrente.

Pontos de Tomadas para Uso Específico

Pontos de Tomadas de uso específico, deve ser a ele atribuída uma potência igual a potência nominal do equipamento a ser alimentado ou a soma das potências nominais dos equipamentos a serem alimentados.

Tomadas de Corrente

Tomadas de corrente é o nome dado aos componentes que compramos nas lojas de materiais elétricos, conhecidas popularmente e simplesmente como Tomadas.

Potência dos pontos de utilização

Caso não seja possível determinar a potência de cada aparelho que será conectado em cada ponto de utilização, a norma estabelece alguns valores mínimos:

Em áreas úmidas como: banheiros, cozinhas, copas, copas-cozinhas, áreas de serviço, lavanderias e locais análogos onde o total de tomadas não ultrapasse a quantidade de 6 pontos, deve-se atribuir no mínimo 600 VA por ponto de tomada, até 3 pontos, e 100 VA por ponto para os excedentes, considerando-se cada um desses ambientes separadamente.

Porém a conta muda quando o total de tomadas, no conjunto desses ambientes, for superior a 6 pontos, admite-se que o critério de atribuição de potências seja de, no mínimo, 600 VA por ponto de tomada, até 2 pontos, e 100 VA por ponto para os excedentes, sempre considerando cada um dos ambientes separadamente.

Potência máxima de um circuito.

Para calcular a potência máxima teórica de um circuito de, basta multiplicar a corrente (I) nominal do disjuntor pela tensão (U) elétrica do circuito.

Por exemplo, se o circuito for protegido por um disjuntor de 20 amperes (A) e a tensão for 127 Volts (V), a potência (P) máxima teórica desse circuito seria:

P(VA) = U x I

P(VA) = 127V x 10A

P(VA) = 2540VA

Exemplo básico de instalação Tomadas de Corrente em um circuito monofásico de 127V e disjuntor de 20A:

No exemplo acima temos um circuito que ultrapassa a quantidade de 6 tomadas, neste caso o critério para distribuição das tomadas é:

  • 600VA para as duas primeiras tomadas
  • As demais tomadas, considera-se 100VA para cada.

Neste exemplo:

O cabo de 2.5mm nestas condições pode suportar até 24A de corrente.
Utilizamos o Disjuntor de 20A para fazer a proteção deste cabo.
Se multiplicarmos a Tensão pela Corrente encontraremos a Potência Aparente deste circuito, logo:
P(VA) = U x A
P(VA) = 127×20 = 2540
P(VA) = 2540VA
Este circuito pode nos fornecer até 2540VA, valor acima do mínimo recomendado pela norma de 1700VA

Lembrando que este exemplo se trata de um modelo básico, pois existem outras variáveis que precisam ser calculadas para um dimensionamento mais preciso.

Tomadas de Corrente de 20A

Tomadas de Corrente de 20A são utilizadas para alimentar de forma exclusiva aparelhos com corrente maior que 10A e que não ultrapassem 20A, como: forno elétrico, aquecedor portátil, secador de cabelo, etc.

Aparelhos que não ultrapassam os 20 amperes de corrente.

Tomadas de uso específico, TUE, como o nome diz, devem ter um circuito completo dedicado a ela. Partindo do quadro de distribuição, cabos e disjuntores exclusivos para tomada.

Exemplo básico de instalação TUE:

No exemplo acima mostra um circuito onde está ligado um único aparelho:

Um forno elétrico que consome 18,1A em uma tomada que suporta até 20A.

Conta com um disjuntor dedicado exclusivamente para este circuito.

Observação

Lembrando que este exemplo se trata de um modelo básico, pois existem outras variáveis que precisam ser calculadas para um dimensionamento mais preciso.

Chuveiros e Torneiras Elétricas

Aparelhos como: chuveiros, torneiras elétricas ou outros que consomem mais de 20A, devem ser ligados diretamente em seus circuitos sem utilização de tomadas.

Lembrando, toda instalação requer um dimensionamento correto de cabos e dispositivos de proteção adequados.

Nossos Serviços Relacionados a Tomadas:

  • Instalação e manutenção de tomada 10A e 20A
  • Alteração de tomadas de 10A para 20A
  • Alteração de tomadas de 20A para 10A
  • Alteração de tensão de tomadas de 127V para 220V
  • Alteração de tensão de tomadas de 220V para 127V
  • Instalação de circuitos de tomadas TUE
  • Instalação de circuitos de tomadas TUG

Ficou com dúvidas, precisa de ajuda?

Procurando informações sobre interruptores? Clique e saiba mais.

Interruptor de duas teclas KAE

Eletricista